Tamanho do Pênis-Mitos.

Compartilhe

  • A dúvida sobre o tamanho do pênis é um motivo frequênte de consulta. Devido ao grande número de informações sensacionalistas, que relacionam a satisfação sexual ao tamanho do órgão masculino, geralmente o homem chega ao consultório médico constrangido e refere outra queixa até chegar à pergunta principal:

 

  • É comum a comparação com atores de filmes eróticos ou até mesmo com colegas no banheiro masculino. A própria parceira, muitas vezes, leva o homem a se questionar sobre o assunto.

 

 

  • Atualmente, não é raro pais levarem seus filhos adolescentes ao especialista pelo medo de que seu órgão não se desenvolva adequadamente. Na verdade, assim como existe grande diversidade de altura, peso e demais proporções corporais pela mistura de raças, os órgão sexuais também estão sujeitos a esta diferença. As pessoas devem ter esta informação para aceitarem o próprio corpo, cientes de que isso proporciona a segurança necessária para viver melhor tanto social quanto sexualmente.

 

 

  • Vários estudos clínicos demonstraram que a satisfação sexual feminina não está relacionada ao tamanho do pênis e raramente as mulheres se queixam disso. A maioria dos homens que procura atendimento médico pelo tamanho do pênis, tem o órgão normal. Porém, homens obesos podem ter o pênis embutido, ou seja, a gordura acima do órgão pode encobri-lo parcialmente, o que é resolvido com intervenção cirúrgica. Em 1999, foi apresentado no Congresso Brasileiro de Urologia estudo com 246 homens entre 19 e 75 anos.

 

 

  • A avaliação do tamanho do pênis do brasileiro em ereção foi em média de 14cm de comprimento e 11cm de circunferência. A cirurgia plástica no órgão sexual é oferecida em muitos centros, no entanto, com resultados discutíveis, mas muitos pacientes, emocionalmente fragilizados, aceitam realizar este procedimento. Métodos que são veiculados na televisão e na internet, prometem o aumento peniano com aparelhos ou através de enxertos subcutâneos, que podem levar a danos irreversíveis e até mesmo perda do órgão. Somente são candidatos à cirurgia homens que apresentam pênis menores que 4cm em flacidez ou 7cm em ereção.

 

 

  • Este tipo de cirurgia só é feita em centros acadêmicos e ainda é considerada experimental, ou seja, necessita do tempo para comprovar sua efetividade. Quando o sofrimento é muito grande, homens que consideram seu pênis pequeno (mesmo que não seja) devem ser encaminhados ao psicoterapeuta para adquirirem a segurança necessária para o ato sexual sem comprometer a vida como um todo.

Compartilhe

Saúde da Mulher

Rosane R. C. Thiel

Rosane R. C. Thiel ([email protected].com) é psicóloga e terapeuta sexual, com Especialização em Sexualidade Humana pela USP.

Realizou Mestrado e Doutorado na área na Pesquisa Experimental pela UNICAMP e desde então tem trabalhado com o índice da Função Sexual Feminina ou FSFI.

O índice da Função Sexual Feminina avalia 6 domínios da resposta sexual na mulher: desejo, excitação subjetiva e objetiva (lubrificação), orgasmo, satisfação e dor.

Pontuações individuais são obtidas pela soma dos itens que compreendem cada domínio (score simples), que são multiplicadas pelo fator desse domínio e fornecem o score ponderado. A pontuação final (score total: mínimo de 2 e máximo de 36) é obtida pela soma dos scores ponderados de cada domínio. Assim, quanto maior o score total, melhor a resposta sexual.

Score total menor que 26 sugere disfunções sexuais. A versão em português mostrou-se válida para avaliação da resposta sexual em mulheres brasileiras e está indicado para uso em pesquisas clínicas.

Rosane R. C. Thiel ([email protected]) é psicóloga e terapeuta sexual, com Especialização em Sexualidade Humana pela USP.

Realizou Mestrado e Doutorado na área na Pesquisa Experimental pela UNICAMP e desde então tem trabalhado com o índice da Função Sexual Feminina ou FSFI.

O índice da Função Sexual Feminina avalia 6 domínios da resposta sexual na mulher: desejo, excitação subjetiva e objetiva (lubrificação), orgasmo, satisfação e dor.

Pontuações individuais são obtidas pela soma dos itens que compreendem cada domínio (score simples), que são multiplicadas pelo fator desse domínio e fornecem o score ponderado. A pontuação final (score total: mínimo de 2 e máximo de 36) é obtida pela soma dos scores ponderados de cada domínio. Assim, quanto maior o score total, melhor a resposta sexual.

Score total menor que 26 sugere disfunções sexuais. A versão em português mostrou-se válida para avaliação da resposta sexual em mulheres brasileiras e está indicado para uso em pesquisas clínicas.

Faça o Download do questionário de avaliação da resposta sexual feminina